AO_ Chemische Synthese

Síntese química

O peróxido de hidrogênio e o ácido peracético são agentes oxidantes poderosos e benignos em termos ambientais, para os quais foram encontrados diversos usos na indústria química na fabricação de compostos orgânicos. Devido ao seu baixo peso molecular, o peróxido de hidrogênio é um agente oxidante mais eficiente que o dicromato e o permanganato de potássio, na comparação peso/peso. Observadas as condições adequadas de manuseio, o peróxido de hidrogênio e o ácido peracético são produtos químicos estáveis e seguros, além de oferecer a vantagem da solubilidade em água, em diversos solventes orgânicos ou no próprio substrato. Mas esses produtos possuem, ainda, outra vantagem: são ambientalmente favoráveis, uma vez que se decompõem em água e oxigênio, ou em água, oxigênio e ácido acético, respectivamente, como subprodutos de reação.

As diversas aplicações, nas quais o peróxido de hidrogênio ou o ácido peracético são usados como agentes oxidantes preferenciais, incluem os seguintes exemplos na síntese química:

  • Iniciadores de peróxido orgânico (como peróxido de MEK, peróxido de benzoíla ou peróxido de laurila);

  • Plastificantes de óleo de soja epoxidado (epoxidação de ácidos graxos);

  • Retardantes de chamas (bromação);

  • Produção de catecol (hidroxilação);

  • Surfactantes aminóxidos (N-oxidação);

  • Produção de herbicidas (S-oxidação, N-oxidação);

  • Produção de ácido percarboxílico (por exemplo, ácido peracético);

  • Produção de precursores da penicilina (N-oxidação);

  • Epóxi/diol. 

 

Possuímos ampla experiência na química dessas aplicações e podemos oferecer uma vasta linha de graus de especialidade para uso em sínteses químicas. Nossos graus PERSYNT® e PERACLEAN® são reputados como superiores em relação aos graus técnicos nas reações de epoxidação e hidroxilação. Nossos graus especiais de peróxido de hidrogênio podem ser uma excelente opção nas reações de oxidação química quando se necessita de alta estabilidade, mas os estabilizadores padrões são prejudiciais e podem ocasionar problemas operacionais.

O peróxido de hidrogênio de alto grau de pureza é usado na fabricação de peróxidos orgânicos, nos quais a estabilidade e a vida útil dos produtos dependem de baixos níveis de impureza.

Também temos os recursos para a síntese, feita sob medida, de epóxidos e 1,2 dióis vicinais em escala industrial, mediante o uso da técnica de epoxidação com peróxido de hidrogênio de até 84%, ácido peracético de até 40% e ácido perfórmico gerado in situ. Possuímos vasta experiência no manejo de olefinas e terpenos, além de produzir os oxiranos correspondentes (epóxidos) ou dióis vicinais após a abertura do anel oxirano. A fábrica em Weissenstein, na Áustria, está equipada para manejar líquidos inflamáveis, além de oferecer toll manufacturing de acordo com os requisitos do cliente.

Visite a nossa seção de peróxido de hidrogênio e ácido peracético para obter mais detalhes sobre os produtos e sua aplicação.